Fernando Pessoa

By | 06:45 Leave a Comment

Apaixonado por filosofia, ocultismo, estudos de psiquiatria e psicanálise.
Escritor português, nascido em 13 de Junho 1888 Lisboa e faleceu nessa mesma cidade em 1935. Aos cinco anos morreu-lhe o pai, vitima de tuberculose. Morou na África do Sul, entre 1895 e 1905, foi lá que recebeu educação inglesa, tornando-se bilíngüe.
Quando ia ingressar na Universidade do Cabo, voltou para Lisboa, começou a fazer faculdade de Letras, acabou deixando o curso de lado para fazer uma tipografia, foi um fracasso total. Trabalhou como redator de cartas em Inglês e Francês, esse trabalho o sustentou por toda sua vida.
Pessoa contribuiu muito com o modernismo Português, mas seu único livro publicado em vida foi a Mensagem essa obra foi escrita em versos, Líricos e Épicos, neste livro Pessoa recria a história de Portugal a partir de Os Lusíadas de Camões.
Fernando Pessoa é muito conhecido por ser muitos enquanto se é um, ou seja ele tinha muitos heterônimos, e seus três principais heterônimos são: Alberto Caieiro, Álvaro de Campos e Ricardo Reis.
Quando ele chegava em algum lugar vestido de Álvaro de Campos, ele era esse personagem e ponto final não tinha quem fizesse ele ser Fernando Pessoa, por exemplo. E para cada personagem ele tinha um linguajar diferente, Alberto Caieiro era um pastor de ovelhas, ele quase não estudou, tinha apenas o primário. Álvaro de Campos viajava muito. Teve uma educação vulgar, formou-se em engenharia mecânica e naval na Escócia. Ricardo Reis foi educado em uma escola de jesuítas, recebeu uma educação clássica (latina) e estudou, por vontade própria, o helenismo.
Ele relata as profissões, o tipo de vida, formação acadêmica e outras coisas mais sobre seus heterônimos, em uma carta que enviou para seu amigo e também poeta Antonio Casais Monteiro 13 de janeiro de 1935.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postar um comentário