Alemanha

By | 18:59 1 comment
Um sonho de viagem, minha viagem pela Alemanha, foi o que fiz de mais diferente na vida, eu esperava não ver nada de diferente, mas me enganei.
Logo quando sai de casa, foi muito difícil abandonar minha amada esposa e meu querido filho, mas tinha que ser feito então eu fiz, me despedi com o coração em lagrimas. Meu tio o "Chico" me levou até ao aeroporto de Guarulhos junto dele estava o meu querido pai, ao chegarmos lá me deixaram na área de desembarque, me despedi de meu pai e de meu tio. Entrei no recinto, e fui procurar onde fazia o chek-in na Tam, andei demais, ao achar, me joguei na fila, e para minha surpresa vi uma senhora com um papel sulfit escrito meu nome e o nome do pessoal que ia voar comigo, fiquei assustado com aquela situação inesperada, mas abanei com a mão e acenei para aquela mulher que era bem franzina, ela veio na minha direção e eu disse meu nome confirmando um dos nomes que estava na lista, ela disse:
_Você viu algum dos seus amigos, ou você chegou primeiro.
_Primeiro, eu cheguei primeiro, respondi prontamente, vou tentar ligar p'ros outros para saber se chegam logo.
_Tudo bem respondeu ela.
Aquela mulher só estava ali para nos ajudar a fazer tudo direitinho e embarcarmos com segurança.
Tentei ligar para dois telefones que eu tinha anotado, mas estavavam fora de área, comuniquei a mulher, e ela disse:
_É sua vez de fazer o chek-in.
Então eu o fiz, era só mostrar meu passaporte e a passagem, depois a mulher pediu que eu colocasse a bagagem na balança, eu o fiz, e o peso foi bem menor do que eu esperava 17 kilos, que bom. Quando vi o peso da minha bagagem a mulher franzina me chamou olhei pra ela e ela me mostrou meus colegas de trabalho ali tinha 3 estava faltando 1.
 Terminei de fazer o chek-in e perguntei para a senhora franzina onde eu podia trocar reais por euro, ela me indicou uma casa de cambio, fui até lá e troquei R$100,00 por €40 e para poder por a mão na bufunfa precisei fazer um cadastro imenso que pensei que ia até perder o avião, pois tive que responder muitas perguntas, voltei até a Tam, a galera já tinha terminado.
Então decidimos seguir adiante fomos até um lugar onde passamos a bagagem de mão por um raio-x e para passar pela porta om detector de metais tive até que tirar o cinto da calça, passado o vexame fomos para a Duty Free, que é uma loja que tem roupas, perfumes, bebidas, etc. A principio achei tudo muito caro, pois vi uma Havainas simples que custava $125 isso foi um dos maiores absurdos que presenciei na minha ida para Alemanha, horrores a parte nosso amigo apareceu, e os outro colegas estavam em um bar enchendo a cara de vinho e cerveja, bom a turma estava completa, eu Gilvan, meu chefe João, Osmano meu colega de serviço, minha tradutora e do Osmano Jussara, que também é namorada do meu colega de trampo, Ricardo tradutor do João. Olhamos mais alguma coisa no Duty Free, e nos aproximamos da área de embarque, conversamos sobre a viagem sabiamos que depois de entrar no avião só sairiamos 12 horas depois, e teriamos de encarar mais 2 horas de carro, pois nosso vôo era só até Frankfurt e a cidade que iamos era Ebern.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postar um comentário