Nunca desista

By | 03:43 Leave a Comment

Nunca desista

Autor desconhecido

É incrível ver o quanto o ser humano é capaz de realizar! Em todos os campos da atividade huma­na acontecem profundas transformações e a cada segundo que passa o homem inventa ou inova algo. Do pequeno e frágil chip de computador nasce um ilimitado universo digital de possibili­dades que tornam a nossa vida muito mais fácil, muito mais ágil.

Imagine se pudéssemos, por um instante que fosse, fazer com que toda essa tecnologia trouxesse do passado algumas pessoas muito especiais. O que diriam esses visionários de suas épocas so­bre esse fantástico mundo moderno? Imagine só a reação de Thomas Edson, inventor da Lâmpada, ao vislumbrar a imagem de uma metrópole ilumi­nada. O que diria então Santos Dumont ao olhar para essas imensas máquinas voadoras cruzando os continentes.

De 50 anos para cá o mundo passou e continua a passar pela mais fantástica revolução de toda a história da humanidade, e o mais incrível é que a velocidade dessas mudanças aumenta cada vez mais, nos Lançando no irreversível processo rumo ao inimaginável. Satélites, aeronaves, computa­dores, redes tão visíveis de informações, superam segundo a segundo todas as barreiras químicas, físicas e biológicas.

Mas ao mesmo tempo em que o mundo se mos­tra otimista quanto ao futuro, uma outra face de nossa civilização parece estar ‘perdida no tempo, como que perdida no meio de toda essa meta­morfose social. Para qualquer canto do universo que olhamos, nos deparamos com fatos difíceis de acreditar, difícil de aceitar.

Guerras insanas e sangrentas, miséria, fome, se­gregação racial, golpes políticos, degradações forçadas, diferenças ideológicas, enfim, um ver­dadeiro mundo às margens do futuro.

Como é possível que com tanta tecnologia o ho­mem ainda se permita viver entre estas duas rea­lidades tão desiguais?

É inegável que nova civilização está emergindo, mas \por toda parte que se olhe existem cegos tentando suprimi-la. É preciso, mais do que nun­ca, sintonizar nossa vida com o ritmo do amanhã.

Cada um de nós, como líderes que somos, precisa ser o condutor de energia que irá impulsionar esse novo e admirável mundo, e as pessoas que nele vivem, rumo a um novo amanhecer. Toda a tecnologia existente de nada irá nos adiantar se a partir de agora não buscarmos construir uma civilização verdadeiramente humana, onde o respeito e o amor estejam acima de tudo. É preciso encontrar o equilíbrio perfeito entre tecnologia e amor. Se milhões e milhões de pessoas em todo o mundo, começarem a pensar e agir dife­rente em relação ao seu semelhante, o nosso planeta novamente irá se encher de esperança, pondo um fim a tanta desigualdade.

Esse sonho é igual a muitos outros que um dia não passavam de verdadeiras utopias. Alguém disse que voar era para os pássaros, mas o homem voou! A es­curidão da noite perdeu o seu Lugar porque um dia al­guém teimou mais de duas mil vezes que era possível criar a Luz. Não vai muito Longe o dia em que o ho­mem apenas contemplava a imensidão do universo, hoje a conquista do cosmos é uma realidade.

Tudo isso só acontece porque pessoas tão humanas quanto cada um de nós nunca desistiram de Lutar por seus sonhos.

Cada um de nós é capaz de mudar o rumo dos acon­tecimentos, basta querer. Se milhares e milhares de pessoas fizerem algo diferente pelos seus semelhan­tes, com certeza conseguiremos tornar nosso planeta mais justo e humano.

Por isso, nunca, nunca desista de amar. Nunca desista de viver intensamente cada minuto, cada segundo da sua existência. Nunca desista de plantar um sorriso na face de quem há muito tempo se esqueceu o que é alegria. Nunca desista de acreditar em si mesmo. Nunca, nunca desista!

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postar um comentário