Matenha a forma

By | 04:22 Leave a Comment
(autor - elendril)
Dizem que todos os dias temos que comer uma maçã para o ferro e uma banana para o potássio.
Também uma laranja, para a vitamina C, meio melão para melhorar a digestão e uma chávena de chá verde sem açúcar para prevenir a diabetes. Todos os dias temos que beber dois litros de água (sim, e logo a seguir mijá-los, que leva quase o dobro do tempo que os leva a beber).

Todos os dias temos que tomar um Activia ou um iogurte para ter ‘L. Cassei Imunitass’, que ninguém sabe exatamente que merda é que é, mas parece que se não ingerires um milhão e meio todos os dias começas a ver toda a gente com uma grande diarréia ou presos dos intestinos.

Cada dia uma aspirina, para prevenir os enfartes mais um copo de vinho tinto, para a mesma coisa. E outro de vinho branco, para o sistema nervoso. E um de cerveja, que já não me lembro para que era.

Se os tomares todos juntos, mesmo que te dê um derrame cerebral ali mesmo, não te preocupes pois o mais certo é que nem te dês conta disso.

Todos os dias tens que comer fibras. Muita, muitíssima fibra até que sejas capaz de defecar uma camisolona bem grossa.

Tens que fazer quatro a seis refeições diárias leves sem te esqueceres de mastigar cem vezes cada garfada.

Ora, fazendo um pequeno cálculo apenas a comer vão-se assim de repente umas cinco horitas. Ah, depois de cada refeição deves escovar bem os dentes, ou seja:

depois do Activia e da fibra, os dentes, depois da maçã os dentes, depois da banana os dentes e assim sucessivamente enquanto tiveres dentes sem te esqueceres nunca de passar o fio dental massajador das gengivas e bochechar com PLAX…

Melhor, amplia a casa de banho e põe a aparelhagem de música lá porque entre a água, a fibra e os dentes vais passar horas quase metade do dia ali dentro.
Equipa-o também com jornais e revistas para te pores a par do que se passa enquanto estiveres sentado na retrete.

Temos que dormir oito horas e trabalhar outras oito mais as cinco que usamos a comer, faz vinte e uma.
Restam três horas sempre que não surja algum imprevisto.
Segundo as estatísticas, vemos três horas de televisão diárias.
Bem, já não podes porque todos os dias devemos caminhar pelo menos uma meia hora (dado por experiência: ao fim de 15 minutos regressa senão andas mas é uma hora!).
E há que cuidar das amizades porque são como uma planta: temos que as regar diariamente.
E quando vais de férias, também, suponho, senão as plantas morrem nas férias.
Para além disso há que estar bem informado e ler pelo menos um dos jornais diários e outro de uma revista séria para comparar a informação.

Ah! E temos que ter sexo todos os dias mas sem cair na rotina: temos que ser inovadores, criativos, renovar a sedução.
Isso leva o seu tempo. E já nem estamos a falar do sexo tântrico!! (A respeito disso, relembro: depois de cada refeição temos que escovar os
dentes!)
Também temos que arranjar tempo para a maquilagem, a depilação/fazer a barba, varrer a casa, lavar a roupa, lavar os pratos e já nem falo dos que têm gatos, cães pássaros e uma catrefada de filhos…
No total, a mim dá-me umas 29 horas diárias se nunca parar.
A única possibilidade que me ocorre é fazer várias destas coisas ao mesmo tempo: por exemplo, tomar ducha com água fria e com a boca aberta, e assim beber logo os dois litros de água de uma vez.
Enquanto sais do banho com a escova de dentes na boca, vais fazendo o amor, o sexo tântrico, parado junto ao teu mais que tudo, que de passagem vê TV e te vai contando o que se passa, enquanto varres a casa.
Sobrou-te uma mão livre?
Telefona aos teus amigos e aos teus pais!
Bebe o vinho (depois de telefonares aos teus pais vai fazer-te falta!).
O iogurte com a maçã pode dar-te o teu par enquanto ele come a banana com a Activia.
No dia seguinte troquem.
E menos mal que já crescemos, porque senão tínhamos que engolir mais umas cerelacs e um Danoninho Extra Cálcio todos os santos dias.
Uuuuf!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postar um comentário